Globo News Literatura fala sobre a tendência literária que lidera há meses a lista dos mais vendidos


No último programa do ano, dia 28, o ‘Globo News Literatura’ dedica uma edição especial à tendência literária que marcou o ano de 2012: a chamada literatura pornô soft. A repórter Cecília Malan conversa, em Londres, com E. L. James, a autora da trilogia “Cinquenta Tons de Cinza”, que há meses ocupa os três primeiros lugares na lista dos livros mais vendidos no Brasil e já alcançou a marca de mais de 40 milhões de exemplares em 37 países.

A inglesa E. L. James – que foi eleita a personalidade do ano pela Publishers Weekly, a bíblia do mercado editorial americano – conta de onde tirou inspiração para escrever a história da jovem Anastasia Steele e do magnata Christian Grey e a que atribui o grande sucesso que seus livros têm feito entre mulheres do mundo todo. O repórter Claufe Rodrigues vai às ruas do Rio de Janeiro para ouvir a opinião de leitoras da trilogia. Afinal o que mais as atraíram na história de E. L. James? E na seção ‘Vitrine’, o ‘Literatura’ apresenta aos telespectadores outros lançamentos literários do ano neste segmento: “A Dama da Internet”, de Neville d’Almeida,  “Afinidades pornográficas” e “50 versões de amor e prazer”, organizado por Rinaldo de Fernandes.

Ainda nesta edição, o ‘Globo News Literatura’ traz uma entrevista exclusiva do apresentador do programa Edney Silvestre com a escritora Lya Luft, que depois de passar treze anos sem publicar, acaba de lançar o romance “O Tigre na Sombra”. A veterana, que já vendeu mais de um milhão de exemplares e escreveu 23 livros, adianta detalhes sobre sua nova obra, que acaba de chegar às livrarias.

O ‘Globo News Literatura’ sobre a trilogia ‘Cinquenta Tons de Cinza’ vai ao ar na última sexta-feira do ano, dia 28, a partir das 21h30.

Imagens: A repórter Cecília Malan entrevista, em Londres, E L James, a autora da trilogia ‘Cinquenta Tons de Cinza’
Créditos: Divulgação/ Globo News

Globo News Especial mostra como é o dia a dia do Papai Noel


Quem disse que Papai Noel não existe? Ele não só está por aí pelas ruas da cidade como dá um duro danado para levar alegria e esperança para as crianças na época das festas de final de ano. O ‘Globo News Especial’ deste domingo, dia 23, mostra a rotina e desafios enfrentados por brasileiros que trabalham vestidos de Papai Noel em shoppings e centros comerciais.

Uma equipe da Globo News, formada pelos repórteres Rafael Coimbra, Antonia Martinho e Pedro Vedova, acompanhou de perto o dia a dia de pessoas que ganham a vida se vestindo de bom velhinho na época do Natal. Eles contam quais são as maiores dificuldades desta empreitada, que virtudes não podem faltar na hora de lidar com as crianças e como fazem para se aperfeiçoar cada vez mais. A maioria não sabe, mas eles até frequentam uma escola de papais noéis, onde recebem aulas de dicção, interpretação, postura e improvisação. Aprendem também a falar como o Papai Noel e recebem dicas de como escapar de certas perguntas indiscretas das crianças, tarefa que Ailton Lafaiete tira de letra. Papai Noel de um centro comercial da zona norte da cidade do Rio de Janeiro, ele se sai muito bem quando é questionado pelas crianças curiosas sobre sua pela negra para alguém que vem do Pólo Norte. “Quando me perguntam, digo: ‘desci da chaminé e fiquei pretinho assim’”, conta bem-humorado.

No programa, eles falam ainda sobre os apertos que já passaram por conta da roupa pesada, que tem cerca de 12 quilos, e do forte calor brasileiro nesta época do ano e descrevem os cuidados para manter a longa barba branca, uma exigência dos clientes que hoje só querem contratar aqueles que têm barbas verdadeiras. Emocionados, comentam ainda sobre a alegria que as crianças trazem para suas vidas. “O fato de eu conviver com crianças me faz muito bem. Eu sou hipertenso e quando venho trabalhar aqui minha pressão cai. Fico calmo, numa boa”, conta um papai Noel que há anos se dedica ao ofício em um shopping carioca.

O programa ‘Globo News Especial’ sobre a rotina de brasileiros que trabalham como Papai Noel na época do Natal vai ao ar neste domingo, dia 23, a partir das 20h30, no canal Globo News.

Foto 1: Confraternização em uma escola de Papais Noéis no Rio de Janeiro

Créditos: Divulgação/ Globo News
 

AutoEsporte viaja até a Patagônia Argentina

Neste domingo, dia 23, o ‘AutoEsporte’ vai até a Patagônia argentina para mostrar uma prova de três dias com carros de modelos antigos. Com uma paisagem espetacular, os motoristas percorrem 1.200 quilômetros.

O programa ainda reexibe a matéria de dez anos do programa, em que o lutador de MMA, Junior Cigano, desafia um carro esportivo super potente. Também no programa, uma reportagem sobre veículos conversíveis, que são as apostas das montadoras para este verão. E também neste domingo, o telespectador confere dicas de segurança para revisar as cadeirinhas das crianças e limpar as palhetas do pára-brisas. 

O ‘AutoEsporte’ vai ao ar logo após o ‘Globo Rural’.


 

PEGN - Rua 25 de Março movimenta o mercado varejista na época do Natal

O ‘Pequenas Empresa e Grandes Negócios’ deste domingo, dia 23, apresenta uma reportagem sobre o movimento da rua 25 de Março, no centro da capital paulista, nesta época do ano. Ícone do comércio popular, durante o Natal, cerca de um milhão de pessoas passam pela região diariamente. De acordo com a Associação dos Lojistas da 25 de Março, o comércio na região faturou R$ 17 bilhões em 2011. Para este ano, a estimativa de crescimento é de 8% - o dobro da média geral do comércio varejista no Brasil. Considerado o maior shopping a céu aberto da América Latina, ao longo de 2.500 metros, a rua 25 de março tem 350 lojas e o aluguel de algumas lojas é superior a R$ 50 mil mensais.

Ainda sobre o Natal, uma reportagem que fala de bolos e guloseimas, que são parte fundamental do clima natalino. No final do ano, a procura no mercado de doces aumenta 40%. A empresária Fernanda Ribeiro começou o negócio de bolachas decoradas com R$ 60 mil há dez anos e atualmente o faturamento da empresa é de R$ 40 mil por mês.

Também neste domingo, além de uma paixão nacional, o futebol é considerado um dos mercados mais rentáveis no Brasil. O empresário Marco Tomaz fabrica bolas para futebol de campo e salão desde 1986. A fabricação é 100% nacional e no total, a produção gira em torno de 40 mil bolas por mês. Para a Copa do Mundo de 2014, Marco espera produzir cerca de 400 mil bolas personalizadas, em 2013.

Já em Santa Catarina, um dos roteiros turísticos mais procurados é a Costa da Esmeralda, que reúne as cidades de Bombinhas, Porto Belo e Itapema. Mas a cidade não quer ser apenas um destino de verão. Por isso, o SEBRAE em parceria com prefeituras, associações, sindicatos e empresas, criou o Arranjo Produtivo Local de Turismo na Costa da Esmeralda – um projeto para hotéis e restaurantes com o objetivo de impulsionar as empresas locais, durante o ano inteiro.  

O ‘Pequenas Empresas & Grandes Negócios’ vai ao ar aos domingos, logo após o ‘Antena Paulista’.

Siga @rede_globo e curta www.facebook.com.br/redeglobo 

GLOBO FILMES - Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch são "Os Penetras"

 
A comédia, uma coprodução da Globo Filmes, traz ainda Mariana Ximenes, Suzana Vieira, Luis Gustavo e Andréa Beltrão no elenco

O encontro de um típico malandro carioca com um inocente cara do interior em tentativa de suicídio após uma desilusão amorosa. Esse é o ponto de partida para a primeira comédia do diretor Andrucha Waddington, “Os Penetras”, que chega aos cinemas amanhã, dia 30 de novembro. O longa é estrelado por Marcelo Adnet no papel do vigarista Marco Polo, Eduardo Sterblitch como o estranho e “amalucado” Beto e Mariana Ximenes, que rouba a cena – e o coração dos rapazes – como a sedutora Laura.

A saga de “Os Penetras” tem início dois dias antes da noite de Ano Novo. Depois de salvar Beto da morte, o trambiqueiro Marco Polo vê no desiludido rapaz mais uma oportunidade de se dar bem e faturar. O golpista promete ajudá-lo a reconquistar a sua amada Laura, mas não imagina que ele também cairá na teia da mulher fatal.

Em suas armações, Marco Polo conta com a ajuda do seu fiel escudeiro Nelson (Stepan Nercessian), um gerente de estacionamento que faz uso de carrões dos clientes e disfarces para entrar em eventos badalados sem ser convidado. Juntos, os golpistas se superam: caracterizam Beto e o convencem a se fazer passar por um conhecido ator internacional para conseguir convites para uma badalada festa de reveillon no Rio de Janeiro. O plano, em parte, dá certo. Mas a partir daí uma série de encontros, desencontros, mentiras e situações hilárias toma a vida de todos.

“Os Penetras” é uma produção da Conspiração Filmes, com coprodução da Globo Filmes e da Teleimage e  distribuição da Warner Bros Pictures. O elenco do longa conta ainda com Suzana Vieira, Luis Gustavo, Luis Carlos Miele e tem participação especial de Andréa Beltrão.

Sinopse “Os Penetras”:
Às vésperas do Réveillon, o apaixonado Beto (Eduardo Sterblitch) chega ao Rio de Janeiro à procura de Laura (Mariana Ximenes). Desprezado, tenta o suicídio, mas é salvo pelo golpista Marco Polo (Marcelo Adnet) que, a fim de ganhar um dinheiro fácil, promete ajudá-lo a reconquistar a amada. O que esse malandro não poderia imaginar é que também se apaixonaria por Laura, uma jovem sedutora que usa artifícios para circular pelas altas rodas da sociedade carioca. Em busca de amor, dinheiro e aventura, Marco e Beto vão penetrar nas festas mais quentes da cidade, usando muita esperteza e uma boa dose de loucura.

Sobre a Globo Filmes: 

Desde a sua criação em 1998, a Globo Filmes produziu e/ou coproduziu mais de 120 filmes, levando para as salas de exibição mais de 135 milhões de pessoas. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, apostando em obras de qualidade e valorizando a cultura brasileira, participou dos dez maiores sucessos de bilheteria da retomada. Tem por objetivo também promover a sinergia entre o cinema e a televisão. Em 2012, a Globo Filmes comemora os sucessos de bilheteria de “Até que a Sorte nos Separe”, “E aí, Comeu?” e “Gonzaga, de Pai pra Filho”, que juntos levaram quase sete milhões de pessoas aos cinemas, e a escolha de “O Palhaço” como candidato brasileiro a uma indicação à categoria de Melhor Filme Estrangeiro do Oscar 2013. Ainda este ano, a Globo Filmes lança “De Pernas pro Ar 2”.


Siga @rede_globo e curta www.facebook.com.br/redeglobo 

Fernanda Montenegro protagoniza o especial Doce de Mãe

Ela gosta de samba, cozinha como ninguém, não dispensa o tênis e, do alto de seus 85 anos, Picucha (Fernanda Montenegro) é uma mulher de alma jovem que explora o que há de melhor em cada momento da vida. Foram muitos altos e baixos para criar os quatro filhos, ser avó, ficar viúva... Há 27 anos, mora com Zaida (Mirna Spritzer), amiga, confidente, empregada, companhia, um anjo da guarda com quem divide tudo.

Sua rotina é movida por duas grandes paixões: o samba e a culinária. Picucha não teme a morte. Para explicar esse sentimento a Zaida (Mirna Spritzer), cita Fernando Pessoa: “A morte é uma curva da estrada, morrer é só não ser visto”. Sua maior terapia é a cozinha e, quando alguma curva parece se desenhar no horizonte, só há uma saída para Picucha: panquecas!

É na cozinha que suas mãos fazem mágica e preparam pratos deliciosos. Tem ambrosia, cuca de banana, picadinho Maria Luiza, picadinho ao vinho, bolo malhado, figo recheado com nozes, “cuecas viradas”, mas nada é tão especial quanto as panquecas flambadas. Ah! Essas panquecas flambadas que causam discórdia na família. Disputadas garfo a garfo, são sempre o destaque do Natal.

Em um dia comum, os quatro filhos recebem um misterioso telefonema da mãe. Eles são convocados para um jantar especial em que Picucha servirá suas famosas panquecas flambadas. Silvio (Marco Ricca), Elaine (Louise Cardoso), Suzana (Mariana Lima), Fernando (Matheus Nachtergaele), a neta Carolina (Elisa Volpatto) e a nora Florinha (Áurea Baptista) seguem para a casa de Picucha. Em clima de festa, com brindes de champanhe, Picucha anuncia o casamento de Zaida e sua imediata mudança para outra cidade. O que era para ser um momento alegre deixa todos em estado de choque.

A partir daí, se desenrola a trama de ‘Doce de Mãe’, uma comédia humanista escrita por Ana Luiza Azevedo, Jorge Furtado e Miguel da Costa Franco especialmente para Fernanda Montenegro. "Picucha tem uma ótima compreensão da vida. Ela é uma mãe diferente para cada um dos seus filhos e os aceita com sabedoria. Ela tem uma identificação com a vida", define a atriz. O especial, parte da programação de fim de ano da Rede Globo, será exibido no dia 27 de dezembro, após ‘Salve Jorge’.

E agora, quem vai cuidar da mamãe?

Crise. Para os filhos, a mudança de Zaida é um grande problema. Já Picucha encara como uma nova oportunidade. Um momento de liberdade, de finalmente viver sozinha e poder cuidar da sua vida como bem entender. E assim o faz. O dia a dia traz uma infinidade de pequenos afazeres que desafiam sua atenção. Quando não esquece a porta aberta, deixa a chave na fechadura. Sai para fazer compras, e a ambrosia fica no fogo. Seus filhos se preocupam com esses deslizes e tomam uma decisão: Picucha precisará de uma nova empregada.

Após inúmeras tentativas frustradas, Suzana apresenta Lenir (Barbara Borgga). Picucha sente uma empatia imediata pela baiana, que parece ser a empregada perfeita. Ela lhe faz companhia, ouve atentamente as lições de culinária, e as duas dividem uma mesma paixão: o samba. Lenir até ensina alguns passos para a patroa, que, embora gostasse da música, nunca havia se arriscado a dançar. Os filhos ficam contentes com a solução do problema. Até o dia em que Picucha some. Todos saem apreensivos em busca da mãe, procuram até no Instituto Médico Legal, até que a encontram em uma roda de samba na casa da Lenir. Picucha sai da festa direto para o hospital. E o diagnóstico é um porre, daqueles!

Nova crise. Ainda no hospital, eles decidem que a saída é um rodízio entre os filhos. No dia do Silvio, ela assiste a futebol. Com a Suzana, descobre os sites de relacionamento. À neta Carolina ensina alguns dos seus truques culinários. A faxina da casa fica com a filha Elaine. E, com Fernando, ela se diverte: escutam música, cozinham juntos e ele tenta inutilmente esconder sua opção sexual. São tantas atividades que Picucha se sente cansada. Ficar perto dos filhos é bom, mas ela não tem mais liberdade. Agora é hora de pensar nela.

A solução que Picucha encontra é convidar Jesus (Daniel de Oliveira) para morar em sua casa. Ex-aluno prodígio do seu falecido marido, o Fortunato, hoje Jesus é um morador de rua que não tem a quem recorrer. Com a chegada do rapaz, ela espera também acabar com uma de suas maiores preocupações: a solteirice de Suzana.

Finalmente, Picucha sente que conseguiu aproximar a sua família. Com suas atitudes, ela mostra para os filhos alguns importantes valores da vida. Seja na forma como encara os percalços do dia a dia, seja abrindo sua casa para um mendigo. Para ela, a grande sabedoria é aceitar as diferenças. E é na família que se convive com as grandes diferenças.

Jesus vai ajudá-la, também, a resolver outro problema: levar os ossos de Fortunato para perto dos pais, desejo do marido antes de morrer. No caminho para a cidade natal de Fortunato, Picucha relembra o dia em que Zaida foi embora. Tanta coisa aconteceu de lá pra cá. Em uma carta para sua fiel escudeira, conta brevemente os últimos acontecimentos, promete entregar seu caderno de receitas e ainda tem tempo para um último conselho: “Tenha muitos filhos e sua vida será linda”.

O especial foi gravado em Porto Alegre, em setembro deste ano. A decoração do apartamento de Picucha traz um ambiente com muitos objetos, em cada canto um detalhe, uma lembrança, que remete a casas de avós. “Essa decoração não representa uma época definida, mas a história de uma vida”, define Fiapo Barth, diretor de arte. O figurino segue a mesma linha. Picucha é uma senhora ativa, que se veste com blusas de laços e um tênis para ter comodidade e segurança. “Tem muitas senhoras que agora estão usando tênis e nós optamos por esse calçado para Picucha. A Fernanda gostou tanto do modelo que ficou para ela”, conta a figurinista Rosangela Cortinhas.

Com autoria de Ana Luiza Azevedo, Jorge Furtado e Miguel da Costa Franco, 'Doce de Mãe' é uma coprodução da Rede Globo com a Casa de Cinema de Porto Alegre. O especial tem direção de núcleo de Guel Arraes e direção geral de Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado, e vai ao ar no dia 27 de dezembro, logo após ‘Salve Jorge’.


Entrevista com os autores e diretores Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado

Como surgiu a ideia de abordar a terceira idade em um especial?
Ana – Já abordei esse tema em outro trabalho, no curta “Dona Cristina Perdeu a Memória”. É um assunto com qual todos nós nos deparamos e convivemos em algum momento da vida. Faz parte do nosso dia a dia. E é natural que as questões que nos afetam nos chamem atenção.
Jorge – Toda história traz três referências: as próprias vivências, histórias de outras pessoas e referências da literatura e do cinema, que têm milhões de narrativas. Esse roteiro surgiu de uma ideia da Ana Luiza Azevedo. O roteiro foi escrito a seis mãos: pela Ana, pelo Miguel da Costa Franco e por mim, juntando ideias e referências de todos os lados. Durante a filmagem, os atores e equipe agregaram tantas outras referências. No fim, temos como resultado uma história escrita por nós, com colaboração da Fernanda (Montenegro), do Matheus (Nachtergaele), da Mariana (Lima), da Louise (Cardoso), do (Marco) Ricca, do Daniel (de Oliveira) e de tantos outros que participaram desse processo. O mais interessante é a sensação que tive quando acabamos de filmar. Esse especial é muito maior que a soma das partes.

Esse especial é definido por vocês como uma comédia humanista. Podem explicar melhor este conceito?
Ana – Essa história tem como base a vida real, e exalta os valores humanos. Não estamos preocupados que em cada cena tenha uma piada. Há cenas tristes e cenas engraçadas. ‘Doce de Mãe’ é uma história real, crível e muito engraçada. Ao mesmo, traz uma reflexão sobre as relações familiares, sobre a questão do idoso e de como as famílias se preparam para cuidar dos mais velhos.
Jorge – Normalmente, as comédias são subestimadas. E, na minha opinião, a melhor forma de representação da vida é a comédia que mistura o humor com a tragédia, a alternância de momentos tristes e felizes. É o que melhor representa a vida.

Como foi o convite para a Fernanda Montenegro?
Jorge – Faz muito tempo que quero trabalhar com a Fernanda. Já tinha escrito para ela algumas coisas no ‘Comédias da Vida Privada’, mas não tínhamos trabalhado juntos diretamente. Quando surgiu a oportunidade, ligamos para ela dizendo: eu e a Ana temos um personagem para você. Ela adorou. Logo que leu a primeira versão do roteiro já achou sensacional. O nosso trabalho é fazer o possível para não atrapalhar a Fernanda. Ela é uma força da natureza. Tem mais vitalidade e energia do que eu.

E como se deu a escolha dos outros atores?
Ana – O primeiro critério é que fossem ótimos atores. Buscamos pessoas com quem já trabalhamos, como foi o caso do Ricca, que fez ‘Brava Gente’; Matheus, que trabalhou conosco em “Achietanos” e ‘Decamerão’; Daniel e Mirna, que também já fizeram vários trabalhos conosco. E convidamos atores que admiramos muito e com quem tínhamos muita vontade de trabalhar. Foi o caso da Louise Cardoso e da Mariana Lima. Uma das funções mais importantes do diretor é a escolha do elenco. Uma escalação equivocada pode acabar com o trabalho.
Jorge – Concordo totalmente com a Ana, e aprendi isso com o Guel Arraes. Ele me deu esse conselho valioso do qual nunca esqueci: a maior direção do ator começa no dia em que você o convida. Depois disso, está resolvido 90% do trabalho.

Esse especial traz uma mistura de elenco com atores renomados e artistas pouco conhecidos do grande público. Qual é a grande aposta deste trabalho?
Jorge – Nosso objetivo é sempre chamar o melhor ator possível para o papel. E, como diz Paulo José, não existem papeis pequenos, e sim atores pequenos. Têm algumas participações que são rápidas, uma cena só, por isso, quanto melhor o ator, melhor o resultado. Por exemplo, tem uma cena no hospital em que aparece uma personagem que só tem uma fala. Mas é uma fala ótima, engraçada, que tem que ser feita em um ritmo rápido. Escolhemos a Janaína Kremer, uma grande atriz. No Rio Grande do Sul, temos excelentes atores, que decidiram fazer carreira aqui, como nós, que optamos por ficar em Porto Alegre. Espero não esquecer ninguém, mas cito a Mirna Spritzer, Aurea Batista, Sergio Lulkin, Elisa Volpatto e Evandro Soldatelli.
Ana – E tem, também, a Lenir, uma das várias empregadas da Picucha ao longo da história. Em uma das cenas da Lenir ela ensina Picucha a sambar. Discutimos muito sobre essa cena. Eu dizia: “a atriz tem que saber sambar”, e o Jorge completava: “mais do que saber sambar, tem que ser boa atriz”. E nós tivemos muita sorte em encontrar a Barbara Borgga, uma atriz baiana que mora em Porto Alegre, que samba lindamente e é uma ótima atriz.

Qual é a grande mensagem deste especial na opinião de vocês?
Ana – É uma história que se comunica com todas as famílias brasileiras. Em algum momento da vida, alguém vai fazer parte de temas como os que estamos tratando, seja como filho, como pai, amigo ou vizinho. É um especial sobre a família, para a família, de como temos que e aceitar as diferenças.
Jorge – O Santo Agostinho tem uma frase muito boa: “Ama e faz o que quiseres”. Acho que a mensagem do especial é ‘Aceitar’. E valorizar a sabedoria dos mais velhos, dos mais vividos e aprender com isso. Vale a pena estar próximo, ouvir, levar os ensinamentos consigo.

Outros temas surgem neste roteiro. O personagem do Daniel de Oliveira é um mendigo, que vai morar com a Picucha. Este é um assunto que também entra em discussão no especial?
Ana – Tolerância é uma das questões bastante presente. Nas relações familiares, convivência entre pais e filhos, entre irmãos, é um exercício muito grande da tolerância. No caso da Picucha, conviver com os filhos, e fazer com que eles, que são tão diferentes, convivam entre si, já é uma boa mensagem para quem assistir.
Jorge – Fora que a gente nem precisa ressaltar, mas é algo curioso, vendo o Daniel de olhos azuis e cabeludo. Em plena época de Natal, Picucha o coloca para dentro da sua casa. E ele se chama Jesus. É uma mensagem interessante. Pensar que Picucha está cheia de problemas, preocupações, questões familiares, e resolve os problemas colocando um mendigo dentro de casa. É a mensagem de fraternidade, caridade, tolerância, respeito às diferenças. Isso é muito presente e importante.

Picucha e sua família
 
Picucha (Fernanda Montenegro) – Uma senhora que não tem receio de dizer que é velha nem de falar da morte. Até porque, a cada vez que diz que está velha, se sente ainda mais jovem. Sabe que não tem muito tempo de vida e, neste tempo que ainda lhe resta, tem urgência em resolver algumas pendências.

Sílvio (Marco Ricca) – Como filho mais velho, administra a vida da mãe desde que o pai faleceu. É o mais mimado de todos. Casado com Florinha (Áurea Baptista), tem dois filhos. Adora futebol e escreve sobre o Campeonato Brasileiro para um site de agentes previdenciários. É um executivo de uma agência de seguros.

Elaine (Louise Cardoso) – Dona de casa, casada e mãe de três filhos. Tem mania de limpeza e quer manter tudo sob controle, da vida da mãe à vida dos filhos. Mora no interior, tem uma casa grande e bastante confortável, mas não considera a possibilidade de levar a mãe para morar com ela.

Fernando (Matheus Nachtergaele) – Trabalha em um bar à noite e divide a vida com Roberto (Evandro Soldatelli), seu namorado. É o filho protegido de Picucha e com quem ela mais se identifica. Fernando gosta de cozinhar como a mãe e acha graça de suas trapalhadas. Os irmãos o consideram irresponsável.

Susana (Mariana Lima) – Dentista e solteira. Está louca para arranjar um namorado e tenta encontrá-lo pela internet com a ajuda de Picucha. É a filha mais moça, e Picucha se preocupa por ela ser muito contida, por ainda não ter se descoberto, nem saber o quanto é bonita.

Jesus (Daniel de Oliveira) – Um rapaz bonito, mas que se perdeu pela vida. Após alguns tropeços, virou morador de rua. Mas nem sempre foi assim: foi aluno brilhante de Fortunato, o marido falecido de Picucha.

Zaida (Mirna Spritzer) – Empregada doméstica de dona Picucha. Dedicou a vida toda ao trabalho e a acompanhar a patroa. É mais do que uma empregada, é como se fosse uma filha. Deixa a vida da Picucha organizada, mas vai embora preocupada porque Picucha anda esquecida ultimamente.

Carolina (Elisa Volpatto) – Filha de Elaine (Louise Cardoso) e neta de Picucha. Tem ótima relação com a avó e considera Picucha capaz de viver sozinha. Sempre que está na casa da avó, aprende algo novo na cozinha.

Para conferir fotos da coletiva, cliquei AQUI.


Legendas:
Foto 1, 2, 3 - Dona Picucha (Fernanda Montenegro).
Foto 4 - Sílvio (Marco Ricca), Zaida (Mirna Spritzer) e Dona Picucha (Fernanda Montenegro)
Foto 5 - Jesus (Daniel de Oliveira)

Siga @rede_globo e curta www.facebook.com.br/redeglobo 

LOUCO POR ELAS - Léo vira affair de celebridade

No episódio de ‘Louco por Elas’ previsto para ser exibido na próxima terça-feira, dia 11, Léo (Eduardo Moscovis) deixa seu lado sedentário para trás e decide voltar à academia após anos. Só que essa iniciativa vai causar outros efeitos que não os físicos. Depois de uma aula de musculação ministrada pelo corretor Marcos (Gregório Duvivier), que há alguns meses ofereceu uma proposta tentadora pela sua casa e hoje é seu professor, Léo esbarra com a celebridade e também aluna Andressa Tavares (Michele Batista). O “encontro” é registrado por vários paparazzi, mas imagens dúbias aparentam que a dupla se beijou e viram capa de revistas.

O treinador passa a ser conhecido pela imprensa como “o namorado da Andressa Tavares”, e agora terá que lidar com a aproximação da celebridade, que adora o “mal-entendido” para se promover, e com o ciúme da ex-mulher, Giovana (Deborah Secco). A escritora ainda tem outras preocupações em mente. Ela contrata uma diarista, Jô (Daniela Fontan), para ajudar com as tarefas domésticas, mas não sabe como se portar com uma funcionária jovem e sábia dentro de casa. Enquanto isso, Violeta (Glória Menezes) acha que pode antever o futuro. Com previsões pautadas em meras observações, a avó tenta convencer a família sobre seu dom.  

Já Bárbara (Luisa Arraes) e Bruninho (Fabio Enriquez) também estão em busca da boa forma. Para conquistar seus novos flertes com alguns quilos a menos, os amigos seguem métodos pouco tradicionais de dieta e exercícios, que incluem alimentação à base de ovo cozido e sauna. Theodora (Laura Barreto), por sua vez, vive num dilema com a língua portuguesa. A caçula começa a pesquisar a forma certa de escrever “muçarela” depois da surpresa de não ter gabaritado uma prova pela grafia incorreta da palavra.


Siga @rede_globo e curta www.facebook.com.br/redeglobo 

Programação de fim de ano da Rede Globo terá especiais inéditos, cinema e muita música

Um ano marcado por muitas estreias e novidades na programação não poderia terminar de forma diferente. Para o último mês de 2012, a Rede Globo preparou atrações especiais e inéditas, cheias de humor, emoção e informação. Shows, programas temáticos, reportagens exclusivas e uma seleção especial de filmes estão previstos para a época de festas.

Na noite de 17 de dezembro, o ‘Tela Quente’ apresenta “Um faz de Conta que Acontece”, de Adam Shankman. O filme narra as confusões de Skeeter Bronson (Adam Sandler), um “faz-tudo” de um hotel que se surpreende ao ver que as histórias que conta para os sobrinhos dormirem um dia se tornam realidade. Depois do ‘Jornal da Globo’, o programa ‘Som Brasil’ estreia uma série diária de reprises de episódios emblemáticos, que marcaram os seis anos da atração. Serão onze programas que homenageiam importantes artistas da música nacional. O primeiro será dedicado a Cazuza, e, na sequência, estão programados Martinho da Vila, Renato Russo, Adoniran Barbosa, Raul Seixas, Zezé Di Camargo & Luciano, Chico Buarque, Marcos Valle, Jorge Benjor, Jovem Guarda e Tim Maia.

A terça-feira, dia 18, será de riso e muita informação. No último episódio do ano de ‘Tapas & Beijos’, Sueli (Andréa Beltrão) tenta selar a paz numa viagem romântica com seu ex-marido Jorge (Fábio Assunção), enquanto Fátima (Fernanda Torres) tenta impedir que Armane se case outra vez com a "barata cascuda", Clotilde. Para complicar a vida das duas, Seu Chalita (Flávio Migliaccio) vai se casar com Lucilene (Natália Lage). Na despedida de solteiro do dono do Rei do Beirute, Jorge e Jurandir (Érico Brás) organizam uma festa na La Conga, que acaba mal quando  Flavinha (Fernanda de Freitas) se mete em meio às dançarias para se vingar de Djalma (Otávio Muller). O coitado tem um enfarte quando vê a esposa no meio do show de striptease! Com o chefe no hospital, Sueli e Fátima não podem se afastar da loja, e as férias das duas correm perigo. Em seguida, no episódio de Natal de ‘Louco por Elas’, Violeta acredita cegamente em Papai Noel, que será interpretado por um grande ator brasileiro. Já no ‘Profissão Repórter’, Caco Barcellos e sua equipe contam histórias tristes de pacientes que são “esquecidos” pelas famílias em hospitais. Em São Paulo há cerca de 500 pessoas morando em hospitais que não sabem nem a própria identidade.

No dia 19, o telespectador poderá acompanhar no ‘Cinema Especial’ a “Saga Crepúsculo: Lua Nova”, de Chris Weitz. O filme é uma adaptação do segundo livro da saga Crepúsculo, de Stephenie Meyer. Na trama, Bella Swan (Kristen Stewart) sofre com a partida da família Cullen, que decide deixar a cidade para não colocar a vida da moça em risco.

Na quinta-feira, dia 20, em ‘A Grande Família’, a prisão de Agostinho está mexendo com a família Carrara. No episódio especial de Natal, Floriano (Vinicius Moreno) escreve uma carta pedindo ao papai Noel que Agostinho (Pedro Cardoso) fique livre e nunca mais volte para a cadeia. Nenê (Marieta Severo) dá um jeito de se aproximar da juíza Noêmia (Regina Duarte), que cuidará do caso, para tentar reverter a situação do genro. Depois de muitas confusões, cabe a esperança da família Silva de terminar a noite de Ano Novo com mais alegria e uma boa notícia. Na sequência, em ‘Como Aproveitar o Fim do Mundo’, Katia (Alinne Moraes) e Ernani (Danton Mello) realizam seus últimos desejos e se preparam para o apocalipse, previsto para o dia 21 de dezembro, segundo o calendário Maia. Depois, o público conhecerá o desfecho da emocionante história de Conceição (Erika Januza) no último episódio de ‘Suburbia’.

Também em clima de fim do mundo está o ‘Casseta & Planeta Vai Fundo’, que vai ao ar dia 21 de dezembro, com um episódio dedicado ao apocalipse. Uma transmissão ao vivo mostra que o fim dos tempos chegou mais cedo no fuso horário do Japão e Godzilla já destrói o país. Os humoristas também interpretam sugestões do que fazer antes do apocalipse, como realizar seus desejos mais obscuros e se vingar do vizinho.

Para celebrar o Natal, o ‘Estrelas’ do dia 22 de dezembro reunirá grandes nomes para um programa especial. Na sequência, o ‘TV Xuxa’ trará as mensagens de amor e esperança dos padres Marcelo e Fábio de Mello. No palco, o grupo Roupa Nova anima a festa enquanto, no telão, artistas dedicam suas mensagens de Natal ao público do programa. Já o ‘Caldeirão do Huck’ aterrissa no bairro Jardim Papai Noel, em São Paulo, para uma divertida e emocionante história do ‘Lata Velha’. O lugar, apesar do nome, não vê o bom velhinho há muito tempo. No’ Vou de Táxi’, Luciano Huck ajuda alguns passageiros na correria de última hora para a compra de presentes, com lojas e shoppings lotados. No palco do programa, Reidner, o menino tímido que tem voz de estrela, volta ao ‘Caldeirão’ para uma apresentação com sua família em clima de Natal. À noite, no ‘Zorra Total’ especial de Natal, Adelaide (Rodrigo Sant’anna) e sua filha Brit Sprite (Isabelle Marques) aparecerão irreconhecíveis e glamourosas no Metrô Zorra Brasil. Querendo se redimir de seus pecados antes do fim do mundo, muitas pessoas haviam feito doações à família da pedinte. Ricas por causa das doações, as duas vão ao metrô para distribuir “centarrus”. Logo após, o ‘Supercine’ apresenta “Falando Grego”, de Donald Petrie. O filme conta a história de Georgia (Nia Vardalos), uma americana de origem grega, que trabalha como guia turística na Grécia e há muito tempo não se relaciona, mas que vê sua vida mudar após conhecer Irv (Richard Dreyfuss), um turista que tenta lhe mostrar a possibilidade de ser feliz novamente.

A manhã do domingo, dia 23, traz a emoção e aventuras do ‘Nas Ondas’, que chega às praias do Rio de Janeiro. Luize Altenhofen, Caio Vaz e Pedro Scooby são alguns dos participantes da quarta edição do reality esportivo do ‘Esporte Espetacular’, em que as equipes ‘Copacabana’ e ‘Ipanema’, compostas por surfistas e bodyboarders, testam suas habilidades em provas de Surfe, Tow Out, Canoa Havaiana, Skimboard e até de música. Carol Barcellos comanda a apresentação da disputa e Fernanda Gentil é responsável pelas reportagens. Carlos Burle, Fabio Aquino e Rico de Souza são os juízes dessa edição e Pedro Muller, o diretor da prova de surfe. Ele também atua como comentarista desta edição, junto com o skatista Bob Burniquist. Os músicos Gabriel O Pensador e Daniel Lopes têm uma missão especial no programa: a de ajudar os dois times a compor uma canção para a prova da música.

Ainda no dia 23, o especial de Natal de ‘Os Caras de Pau’, Pedrão (Marcius Melhem), Jorginho (Leandro Hassum) e seus vizinhos decidem enfeitar a rua para concorrer ao prêmio da mais bela decoração de fim de ano. Eles vencem o concurso depois que um curto-circuito nas luzes provoca um show à parte no céu do bairro. Como recompensa, eles ganham uma viagem a um hotel fazenda e fazem um amigo oculto. Em meio à busca para encontrar um presente para seu amigo secreto, Jorginho tem seu relógio roubado por um Papai Noel e, ajudado por Pedrão, vai em busca do espertinho num centro de treinamento de Papais Noéis. Na sequência, ‘Aventuras do Didi’ exibirá o episódio “O Segredo do Natal”, que conta a história de um Rei (Lima Duarte) mal-humorado que não entende a felicidade de seus súditos, já que boa parte deles passa fome. Contagiado pelo espírito do Natal, o camponês Didi (Renato Aragão) decide ajudar o Rei a voltar a sorrir, e para isso terá que buscar o maior tesouro real na China.

O ‘Esquenta!’ do dia 23 terá como convidada especial Fernanda Montenegro. Regina Casé promove no quadro ‘Calourão’ uma disputa do Papai Noel que melhor sabe dançar. Os concorrentes são pessoas comuns que fazem a alegria das crianças se vestindo do bom velhinho. Na mesma data, o ‘Fantástico’ entra em clima natalino, e uma parte do programa será ancorada fora do estúdio, numa grande ceia de Natal preparada pelo premiado chef de cozinha Felipe Bronze para personalidades que brilharam em 2012, que serão os convidados deste jantar especial. Uma reportagem especial de Carlos de Lannoy conta a história de João Batista, o homem responsável por anunciar Jesus Cristo para o mundo. Ele, que era primo de Cristo, foi quem o batizou no Rio Jordão, na Terra Santa.

Na véspera de Natal, dia 24, a criançada vai se emocionar com a história do leãozinho Simba. O ‘Tela Quente’ apresenta o filme “O Rei Leão”, de Roger Allers e Rob Minkoff. No desenho, Mufasa, o rei leão, e a rainha Sarabi apresentam ao reino o herdeiro do trono, Simba. Mas a vida do recém-nascido não será fácil. Ao crescer, ele é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar, o invejoso e maquiavélico irmão de Mufasa, que planeja livrar-se do sobrinho e herdar o trono. A noite festiva continua em clima de desenho animado. A ‘TV Globinho’ reunirá a família com a Turma da Mônica e o desenho ‘Travessos contra Bonzinhos’. Na primeira atração, intitulada ‘Véspera de Natal’, Mônica diz a Magali que não vai brigar na véspera de Natal, para não correr o risco de ficar sem ganhar presente. Sabendo disso, Cebolinha e Cascão aproveitam a chance para provocá-la e fazem de tudo para ela perder a paciência. No desenho da Disney, ‘Travessos contra Bonzinhos’, Wayne e Lanny correm para recuperar uma tecnologia que só o Pólo Norte tem, mas que caiu nas mãos de uma criança hacker, que não está na lista de boazinhas do Papai Noel. Wayne recorre a um membro feroz da brigada dos elfos do carvão, que se revela ser um irmão que ele não via há muito tempo. Em seguida, será transmitida a tradicional ‘Missa do Galo’.

Na manhã do dia de Natal, dia 25, o ‘Encontro com Fátima Bernardes’ convida o telespectador para comemorar esta data tão especial. No palco, a apresentadora conversa com Zezé Di Camargo & Luciano e com a atriz Ana Karolina Lannes, além de contar a história de pessoas que fazem aniversário no dia do Natal, como o humorista e diretor Claudio Manoel e o técnico João Santana. À noite, após ‘Salve Jorge’, será exibido o especial ‘Roberto Carlos – Reflexões’, gravado no Rio de Janeiro. Em uma homenagem à cidade que o acolheu, o Rei prepara um show que combina clássicos sucessos com músicas e arranjos atuais. Cheio de juventude, o espetáculo leva ao palco uma mistura de ritmos como samba, funk, pagode e rap nas vozes de Arlindo Cruz, Seu Jorge, Michel Teló, DJ Memê, as Empreguetes Cida (Isabelle Drummond), Rosário (Leandra Leal), Penha (Tais Araújo), Chayene (Cláudia Abreu) e Socorro (Titina Medeiros). Também no dia 25 de dezembro, estreia a versão televisiva do filme ‘Xingu’, de Cao Hamburguer. A produção, que narra a heroica saga dos irmãos Villas Bôas para a criação do Parque Nacional do Xingu, irá ao ar em uma microssérie de quatro capítulos, até 28 de dezembro. Os protagonistas Claudio, Orlando e Leonardo Villas Bôas são interpretados respectivamente pelos atores João Miguel, Felipe Camargo e Caio Blat.

No dia 26 de dezembro, após ‘Salve Jorge’, o ‘Vídeo Show Retrô’ entra no clima de um dos grandes sucessos do ano: ‘Avenida Brasil’. André Marques e Ana Furtado vão ao Divino para assistir à premiação de fim do ano do ‘Vídeo Show’ na companhia de alguns dos famosos moradores do bairro fictício e contam com outras participações especialíssimas das produções da Rede Globo. Bruno De Luca, Jaqueline Silva e Dani Monteiro também se juntam aos apresentadores no especial e vão acompanhar a premiação dos vencedores das mais inusitadas categorias, como “Troféu ai como eu sou bandida” e “Troféu me engana que gosto”.

No dia seguinte, 27, também após ‘Salve Jorge’, será exibida a produção inédita ‘Doce de Mãe’, escrita por Jorge Furtado, Ana Luiza Azevedo e Miguel da Costa Franco. Com direção de Jorge Furtado e Ana Luiza Azevedo, o especial tem Fernanda Montenegro como protagonista. Ela interpreta dona Picucha, uma viúva que agita a vida da família ao anunciar que a empregada Zaida, com quem vive há mais de 30 anos, vai se casar e mudar de cidade. A partir do dilema “quem vai ficar com a mamãe”, se desenrolam as diversas situações cômicas e dramáticas que permeiam a trama desta comédia humanista. Também estão no elenco Louise Cardoso, Mariana Lima, Marco Ricca, Matheus Nachtergaele e Daniel de Oliveira.

No dia 28, o último ‘Bem Estar’ do ano vai dar dicas para o telespectador se despedir da preguiça, do medo, da tristeza, da raiva e da vergonha. O programa apresentará histórias emocionantes para que o público se despeça do ano com saúde e qualidade de vida. À noite, o ‘Globo Repórter’ relembra os fatos marcantes do ano com a ‘Retrospectiva 2012’. No dia 29, Ana Furtado reunirá um time de celebridades no ‘Estrelas’ para celebrar a chegada de 2013 com muita emoção, diversão e festa. No ‘TV Xuxa’, a animação de Réveillon toma do palco do programa, e Claudia Leitte canta para espantar todos os males de 2012 e festejar um ano novo. No ‘Zorra Total’, o Metrô Zorra Brasil receberá a visita de um viajante vindo da época do Império no Brasil. E, com o visitante, os passageiros do metrô vão organizar uma festa para se despedir de 2012. Para animar a comemoração, terão a companhia de Luiz Gonzaga e Carlinhos de Jesus. Além deles, outros personagens da história do nosso país como Marquesa de Santos, Carlota Joaquina e Dom João VI também darão uma passadinha pelos vagões do metrô. Na sequência, o ‘Altas Horas’ especial de Ano Novo reunirá em seus dois palcos a cantora Sandy, interpretando músicas de Michael Jackson, e o cantor Fábio Junior que recebe seu filhos Fiuk e Tainá para cantar com ele.

No dia 30 de dezembro, em ‘Aventuras do Didi’, a turma organiza uma festa para relembrar os melhores momentos do ano e dança ao som do grupo Babado Novo, que faz uma participação no programa. Na sequência, em ‘Os Caras de Pau’, Pedrão (Marcius Melhem) e Jorginho (Leandro Hassum) aproveitam para fazer suas oferendas para Iemanjá antes do dia 31 de dezembro. Mas o adiantamento não parece trazer bons fluidos para a dupla, e as coisas começam a ficar complicadas para eles na praia mesmo. E só pioram quando Jorginho, acompanhado por Pedrão, vai a uma loja de departamento trocar um suspensório que ganhou de Natal. Ele cai nas garras de Maria Sofia, uma ex-apresentadora de TV que se tornou proprietária da loja, e ela aprontará poucas e boas com seus queridos clientes. Já o ‘Esquenta’ exibe uma retrospectiva dos melhores momentos do Brasil neste ano e faz votos para um 2013 ainda melhor. Baby do Brasil e seu filho, Pedro Brasil, levantam a plateia do programa com as músicas da turnê “Baby Sucessos”, que comemora os 60 anos da artista.

O último ‘Domingão do Faustão’ do ano terá a tradicional pizza do Faustão, com convidados e atrações especiais, além da entrega do troféu Mário Lago, que homenageia os destaques do ano na televisão. O ‘Fantástico’ mostra imagens emocionantes de brasileiros no momento em que receberam suas melhores notícias do ano. Em parceria com laboratórios, consultórios médicos e agências de emprego, o programa flagra o momento em que as pessoas ficam sabendo que receberam alta, que estão esperando um bebê ou que foram aprovadas em uma seleção de emprego. No último programa do ano, o ‘Fantástico’ acompanha ainda a vencedora do concurso ‘Menina Fantástica’ 2012 em um passeio pela cidade de Nova York.

Na manhã do dia 31, após o ‘Bom Dia Brasil’ a Rede Globo transmite ao vivo para todo o país a tradicional ‘Corrida São Silvestre’, que este ano chega a sua 88ª edição. À noite, após ‘Salve Jorge’, o ‘Show da Virada’ trará as melhores atrações da música brasileira, em seus diversos ritmos como samba, rock, pop e sertanejo. Neste ano, o show é uma homenagem ao Rio de Janeiro, à festa e à diversão, características desta época do ano. No palco, se apresentam Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Luan Santana, Gaby Amarantos, Capital Inicial, Paula Fernandes, Zezé di Camargo & Luciano, Skank, Alcione, Diogo Nogueira, Jammil, Cesar Menotti & Fabiano, Banda Calypso, Revelação, João Neto & Frederico, Turma do Pagode, Buchecha, Naldo, Bom Gosto, João Lucas & Marcelo, Gusttavo Lima, Jorge & Matheus, Leonardo, Belo, Aviões do Forró, Sorriso Maroto, Thiaguinho, Latino, Péricles, Eva, Chiclete Com Banana, Zeca Pagodinho, Raça Negra e MC Coringa. Logo após, a Rede Globo transmite flashes das principais festas de Ano Novo do país e do mundo.


Siga @rede_globo e curta www.facebook.com.br/redeglobo 

Rede Globo exibe mensagem sobre Protestantismo

Uma mensagem pelo Dia da Bíblia pode ser vista nos intervalos da Rede Globo. Produzido pela Central Globo de Comunicação, o filme de 15 segundos entra no ar nesta segunda-feira, dia 3, e permanece até o dia 9, segundo domingo de dezembro, quando a data é comemorada. Símbolo da união entre todos os cristãos, a data busca a confraternização de todos, em torno da palavra de Deus. A peça faz parte da campanha que tem o de objetivo de mostrar a diversidade religiosa brasileira e contribuir para o conhecimento igualitário entre as diversas tradições. Todos levam a assinatura: “Liberdade de expressão. A gente se liga em você”.

Confira o vídeo em http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1721811-7822-SAGRADO+CONFIRA+VIDEO+QUE+HOMENAGEIA+O+PROTESTANTISMO,00.html

Homenagem do Som Brasil à Rainha do Rock, Rita Lee, ganha versão em DVD


A Globo Marcas homenageia Rita Lee com o lançamento em DVD do ‘Som Brasil’ em tributo à rainha do rock. O repertório traz 14 sucessos que ganham novos arranjos e interpretações diferenciadas na voz das cantoras Pitty e Tiê e das bandas Brasov e Lafayette e Os Tremendões. Músicas como “Ovelha Negra”, “Mania de Você”, “Esse Tal de Roque Enrow”, “Baila Comigo”, “Jardins da Babilônia”, “Desculpe o Auê”, “Chega Mais”, “Doce Vampiro”, “Lança Perfume”, “Agora só Falta Você”, “Ando Meio Desligado”, “Mamãe Natureza”, “Papai me Empresta o Carro” e “Orra Meu” podem ser conferidos em mais de 40 minutos de show.

Este é o nono DVD do ‘Som Brasil’ lançado pela Globo Marcas. Vinicius de Moraes, Milton Nascimento, Ivan Lins, Moraes Moreira, Alceu Valença, Paulinho da Viola, Marcos Valle e Chico Buarque também já foram tema do programa e também estão disponíveis em DVD. O ‘Som Brasil’ Rita Lee tem direção-geral e de núcleo de Luiz Gleiser e direção de Cacá Silveira.

O DVD ‘Som Brasil Rita Lee’ está à venda no Portal Globo Marcas (www.globomarcas.com), pelos telefones (21) 2125-7025 (todo o Brasil), (11) 2196-7025 (São Paulo) e em lojas especializadas. Preço sugerido: R$ 22,90.

Foto - DVD do ‘Som Brasil’ em tributo à rainha do rock
Créditos: TV Globo / Divulgação
 
Mais novidades em www.redeglobo.com.br@rede_globo.

As musas de ‘As Brasileiras’ agora em DVD

 
Um time de 22 estrelas foi eleito para interpretar ‘As Brasileiras’ da série do diretor Daniel Filho. Justiceiras, inocentes, selvagens, viúvas, desastradas, fofoqueiras, apaixonadas, reacionárias, mães e até sambistas. Mulheres únicas que representam a diversidade e o tempero feminino dos quatro cantos do Brasil. Agora, suas histórias incríveis ganham versão em DVD pela Globo Marcas em uma caixa com quatro discos e mais de doze horas de duração, trazendo como conteúdo extra, cenas exclusivas de making of dos episódios e os bastidores da gravação da abertura, da trilha sonora e efeitos especiais.

A temporada completa da série exibida pela Rede Globo reúne grandes nomes da dramaturgia brasileira como Fernanda Montenegro, Gloria Pires, Juliana Paes, Xuxa, Ivete Sangalo, Giovanna Antonelli, Leandra Leal, Patricia Pillar, Mariana Ximenes, Cleo Pires, Sophie Charlotte, Isis Valverde, Dira Paes, Maria Fernanda Cândido, Letícia Sabatella, Alice Braga, Maria Flor, Sandy Leah, Bruna Linzmeyer, Juliana Alves, Claudia Jimenez e Suyane Moreira.

“Escolher essas 22 brasileiras não foi fácil. É claro que o importante era a qualidade de cada uma enquanto atriz, mas o maior cuidado para formar este grupo foi a importância delas como comunicadoras, a imagem que elas têm perante o público brasileiro”, explica Daniel Filho, que divide a direção dos episódios com Cris D’Amato e Tizuka Yamasaki.

O DVD “As Brasileiras” está à venda no Portal Globo Marcas (www.globomarcas.com), pelos telefones (21) 2125-7025 (todo o Brasil), (11) 2196-7025 (São Paulo) e em lojas especializadas. Preço sugerido: R$ 69,90.

Mais novidades em www.redeglobo.com.br@rede_globo.

O CANTO DA SEREIA - Gravações da microssérie movimentam Salvador

Dizem que Salvador é o berço do axé brasileiro. E também terra da hospitalidade, do calor e da música. Para descobrir os segredos e encantos deste lugar, e conhecer de verdade o universo dos que habitam ali, o elenco de 'O Canto da Sereia' - microssérie da TV Globo baseada na obra homônima de Nelson Motta e escrita por George Moura, Patrícia Andrade e Sérgio Goldenberg - gravou cerca de um mês na cidade. "Mais do que uma interpretação, minha proposta foi a de fazer com que o ator realmente vivesse o personagem. Por esse motivo, fiz questão de levá-los para Salvador, para que eles se acostumassem com o jeito, a fala, o natural do baiano. A ideia foi trazer para a trama todo este clima, além de mostrar a cara da Bahia contemporânea", ressaltou o diretor-geral José Luiz Villamarim. Além disso, a estética da filmagem tem algumas peculiaridades que aproximam a trama de um thriller, como a saturação de cores quentes e o uso de câmeras que imprimem mais agilidade à gravação, com direção de fotografia assinada por Walter  Carvalho.

Na trama, Isis Valverde dá vida a Sereia, a maior musa pop do Brasil e rainha do axé, que, em plena terça-feira de Carnaval, recebe um tiro certeiro e cai, em cima do trio, na frente de milhares de fãs. A Bahia para. Quem poderia querer tirar a vida daquela mulher tão carismática e no auge de sua fama? Enquanto a pergunta ecoa na cabeça de todo o país, o mistério vira obsessão para o chefe da segurança particular de Sereia, Augustão, interpretado por Marcos Palmeira, e, aos poucos, todos começam a ter seus segredos revelados - e qualquer um pode ser o suspeito. 

Com cerca de 70% de suas cenas realizadas em diversas locações em Salvador, como o Palácio do Governo, a Escadaria Santa Barbara, a praça do Farol da Barra, proximidades do Pelourinho, entre outros, a cidade tornou-se um grande laboratório ao ar livre para os atores. E os soteropolitanos, assim como na obra, por diversos momentos, também pararam para conferir as gravações da microssérie. Isis Valverde, a Sereia, não se intimidou, e, tal qual uma rainha do axé, subiu no trio elétrico em plena Praça Castro Alves para comandar uma massa de 800 figurantes, que entraram no clima e se divertiram como se estivessem num verdadeiro Carnaval baiano. A atriz interpretou diversas canções, entre as quais o hit “No ouvido da Sereia”, feito especialmente para a trama, acompanhada em coro pelos foliões. A gravação, que levou para a rua muitos curiosos, chegou a ser confundida com realidade. "Antes de subir no trio, senti um frio na barriga, mas depois que cheguei lá tudo foi tão mágico, que embalei e me entreguei. Quando você esta em cima do trio, existe uma conexão com os folioes que não dá pra explicar", afirma Isis Valverde.

Para essas cenas do Carnaval, que duraram mais de três dias e movimentaram o coração da Castro Alves em pleno mês de novembro, foi utilizado um dos maiores trios elétricos de Salvador. Fora confeccionados também  500 abadás - sendo 400 do trio da Sereia -, mil bastonetes, cinco grandes bolas e diversas credenciais de camarote. Para a confecção do abadá, a produção de arte fez uma pesquisa para ser o mais fiel possível às vestimentas dos blocos, já que a cena no Carnaval se mistura gravações reais da festa. “Dentre as opções de cores, optamos pelo amarelo para brincar com o dourado e com a ideia da Sereia sempre iluminada. Esse processo de pesquisa e escolhas, entre o início da concepção e a produção dos abadás, durou cerca de um mês”, afirma Moa Batsow, produtor de arte da microssérie. 

Com os outros atores, a comoção foi a mesma. Na Escadaria Santa Bárbara, Marcos Palmeira (Augustão) e Fábio Lago (Vavá de Zefa) chamavam a atenção ao caminhar durante as gravações, enquanto curiosos se amontoavam para ver Gabriel Braga Nunes (Paulinho de Jesus) nas proximidades do Pelourinho. Marcos Caruso, que dá vida ao governador Doutor Jotabê, também atraiu dezenas de fãs durante suas cenas no Palácio do Governo. 

Para as gravações em Salvador partiram do Rio de Janeiro seis caminhões com maquinários, figurino, arte, além de um furgão de grua e uma van com equipamentos. Ainda assim, parte dos elementos de cena e  do figurino são oriundos da capital baiana. Alguns dos vestidos de Sereia – inspirados em tramas de pescador - foram confeccionados em Salvador. Já os adereços cenográficos se misturam, mesclando objetos locais com os providenciados no Rio de Janeiro. A produção também contou com uma grande equipe de produção local, o que ajudou a reforçar a composição da microssérie. Somados aos mais de 80 profissionais que viajaram para a cidade, toda a equipe cenotécnica e de infraestrutura contratada era local, além de mais de dez profissionais envolvidos com produção, direção, figurino e caracterização. As gravações da microssérie ‘O Canto da Sereia’ continuam no Rio de Janeiro até o final do ano.

Escrita por George Moura, Patrícia Andrade e Sérgio Goldenberg, com supervisão de texto de Glória Perez, a microssérie ‘O Canto da Sereia’ é baseada na obra homônima de Nelson Motta. Tem direção de núcleo de Ricardo Waddington e direção geral de José Luiz Villamarim. A estreia está prevista para janeiro de 2013.

Mais novidades em www.redeglobo.com.br e @rede_globo.

DVD com especial da Rede Globo 'Ivete, Gil e Caetano' é premiado com o Grammy Latino de Melhor Álbum de MPB


Três grandes estrelas da música popular brasileira foram premiadas na 13ª edição do Grammy Latino, que aconteceu nesta quinta-feira, dia 15, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O DVD do especial da Rede Globo ‘Ivete, Gil e Caetano’, lançado pela Universal Music Brasil em parceria com a Globo Marcas, foi eleito o Melhor Álbum de MPB. Rafael Dragaud, diretor e roteirista do especial junto com Roberto Talma, subiu ao palco para receber o prêmio.

O especial ‘Ivete, Gil e Caetano’ foi exibido pela Rede Globo no dia 23 de dezembro do ano passado. Os três baianos arrebataram o público com composições sobre relacionamentos em que o homem é um poeta e a mulher, sua musa. Eles passearam por composições de Chico Buarque, Herbert Vianna, e dos próprios, Caetano e Gil. As letras selecionadas para o especial falavam de forma poética do corpo, da alma, do amor e das dores da separação das grandes mulheres que os inspiraram. “Tentamos reunir o melhor da música brasileira na televisão. Para mim, a Ivete é a melhor cantora do Brasil. E Caetano e Gil colocaram a vida na música, falando de dor, paixão, perda e sonho”, explica Rafael Dragaud, diretor e roteirista do especial junto com Roberto Talma.

No intervalo das canções, os cantores conversaram sobre as diferentes fases de suas vidas e revelaram curiosidades sobre a composição das músicas. No show, Ivete e Gil interpretaram com vigor “Toda Menina Baiana” e “A Novidade”, seguidos por Caetano, que levou a plateia ao delírio, com “Você é Linda”. Gil cantou “A Linha e o Linho” e revelou que compôs a música em Paris enquanto observava sua mulher, Flora, dormir. Empolgada com a apresentação, Ivete não se limitou à voz e se arriscou na percussão para que os amigos cantem “Tigresa” juntos.

Ivete se emocionou durante a música “Atrás da Porta” e se juntou a Caetano para cantarem “O Meu Amor” e “Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim”, enquanto Gil interpretou ‘Dom de Iludir’. Juntos, os três cantaram “Super Homem, a Canção” e Caetano revelou detalhes sobre a criação da música. Gil e Caetano se uniram na impactante “Drão” e Ivete interpretou “Olhos nos Olhos” com um arranjo feito por Lincoln Olivetti, maestro que rege a banda do especial, formada por músicos dos três cantores.

O especial teve uma plateia ilustre com nomes como Betty Lagardere, Suzana Vieira, Sandro Pedroso, Xuxa Meneguel, Deborah Secco, Carolina Dieckmann, Herson Capri, Marcos Frota, Priscila Fantin, Sheron Menezzes, Totia Meireles, Monique Alfradique, Bruno De Lucca, Úrsula Corona, Hugo Gross, Aparecida Petrowski, Felipe Dylon, Victor Pecoraro, Isabel Filardis, Emanuelle Araújo, Preta Gil, Nanda Costa, Giovanna Ewbank, Caio Paduan, Leilah Moreno, Daniela Escobar, Rosamaria Murtinho, Polliana Aleixo, Juliana Didone, Bel Kutner, dentre outros.

O DVD traz ainda duas faixas bônus – “Queixa” e “Is This Love” –, que não foram exibidas para o público. O Especial teve direção de núcleo de Roberto Talma, direção e roteiro de Rafael Dragaud e Roberto Talma.

Legenda 1: Ivete, Gil e Caetano – TV Globo/Divulgação
Legenda 2: DVD com especial da Rede Globo 'Ivete, Gil e Caetano' – TV Globo/Divulgação

Siga @rede_globo e curta www.facebook.com.br/redeglobo 

SUBURBIA - Conceição vira Suburbia


Mais uma vez ‘Suburbia’ surpreende o público com uma reviravolta no capítulo que vai ao ar nesta quinta-feira, dia 22. Sequestrada por Bacana (Pablo Morais) enquanto trabalhava no posto de gasolina, Conceição consegue se livrar do pior. Desta vez, graças ao namorado. Cleiton (Fabrício Boliveira) consegue interceptar o sequestrador e, com um golpe certeiro desferido por uma chave de roda, derruba Bacana da moto. Conceição também vai ao chão. Os dois saem correndo, perseguidos pela polícia, que descobre que Bacana é juiz. O rapaz, claro, vale-se de sua posição.

Conceição e Cleiton conseguem chegar à casa de Mãe Bia (Rosa Marya Colin) e S. Aloysio (Haroldo Costa), onde a jovem ganha os cuidados da matriarca. Mãe Bia, inclusive, chega a levar Conceição a um centro de umbanda para que a jovem receba um tratamento espiritual.


A beleza de Conceição, porém, atrai não só dissabores. A moça e sua família são procuradas por Costa (Paulo Tiefenthaler), o empresário do funk, que propõe o pagamento de um salário mínimo por baile para que Conceição dance com a dupla Lulu (Lecão Magalona) e Dudu (Wallace Rocha). Costa quer preparar Ceição para que ela vire Rainha do concurso Miss Subúrbio. Tutuca (Flávio Rocha), a mando de Jéssica (Ana Pérola), ameaça Costa para que ele volte atrás em seus planos, o que quase consegue. A voz popular, porém, fala mais alto. Ceição é aclamada pelo público do baile, sendo batizada de Suburbia.

O compromisso de Ceição com o baile funk, no entanto, começa a incomodar Cleiton, que se sente abandonado pela namorada. No dia de seu aniversário, ele leva Ceição a um motel, com a promessa de que não abusará dela. Os dois tomam banho de banheira e bebem juntos, até que Cleiton não consegue se controlar e tenta avançar o sinal. Mas Ceição, virgem, só quer fazer amor depois do casamento, e sai correndo aos prantos, perdendo a confiança no rapaz. O episódio marca o início da transformação de Cleiton. 



‘Suburbia’ vai ao ar às quintas-feiras, logo após ‘Como Aproveitar o Fim do Mundo’. O seriado é escrito por Paulo Lins e Luiz Fernando Carvalho e tem direção geral e de núcleo de Luiz Fernando Carvalho.

Legendas:

Foto 1 - Cleiton (Fabrício Boliveira) e Conceição (Erika Januza) e Amelinha (Tatiana Tibúrcio) ao fundo - Rede Globo/AF Rodrigues TV Globo / Divulgação

Foto 2 - Tutuca (Flávio Rocha) aponta a arma para Costa (Paulo Tiefenthaler) - Rede Globo/AF Rodrigues

Foto 3 - Eder (Guti Fraga) se dirige à polícia, com Bacana (Pablo Morais) caído ao chão- Rede Globo/AF Rodrigues

 
Mais novidades em www.redeglobo.com.br e @rede_globo.