Especiais da Globo News debatem os riscos de um acidente nuclear, nesta quarta-feira


Nesta quarta-feira, dia 16, a Globo News exibe dois especiais que discutem os riscos causados por um acidente nuclear e lembram algumas das principais tragédias radioativas ocorridas do mundo.

O Arquivo N’, exibido às 23 horas, resgata imagens de alguns dos acidentes nucleares que marcaram a produção radioativa no mundo. Só no Japão foram cinco acidentes nos últimos dias. O programa mostra a história da descontaminação do Césio- 137, ocorrido no estado de Goiás em 1987, quando um aparelho utilizado para  radioterapias foi encontrado por catadores de papel em um hospital abandonado e confundido com sucata.  O equipamento foi desmontado e repassado para terceiros gerando um rastro de contaminação que afetou seriamente a saúde de centenas de pessoas, levando até a morte. O especial lembra ainda o desastre em Chernobyl, onde um reator da central nuclear construída pela antiga União Soviética explodiu e liberou uma imensa nuvem radioativa contaminando o meio ambiente,  pessoas e animais.  Este  foi o maior acidente nuclear da história e completa 25 anos no próximo mês.  

Em seguida, o programa Cidades e Soluções’ discute as lições deixadas pela tragédia japonesa. Especialistas debatem os riscos de um acidente com energia nuclear, as perspectivas para o aumento da presença deste tipo de energia na matriz nuclear brasileira e o modelo exemplar de prevenção e remediação de acidentes no Japão. O apresentador André Trigueiro recebe, no estúdio no Rio de Janeiro, Luiz Pinguelli Rosa, diretor do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia, o COPPE da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ),  e o cientista político Sérgio Abranches. Direto do estúdio de São Paulo, participa também do debate o economista José Eli da Veiga. O programa irá ao ar a partir das 23h30 na Globo News.


Mais novidades em www.redeglobo.com.br e @rede_globo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, sua opinião é importante para o blog.