UNESCO e TV Globo lançam o livro "Criança Esperança - 25 anos criando oportunidades"

Para celebrar os 25 anos do Criança Esperança, a UNESCO e a TV Globo lançaram na manhã desta quinta-feira, dia  21/10, na sede da emissora em São Paulo, um livro que conta a trajetória do projeto. O livro traz histórias de crianças, adolescentes e jovens que tiveram suas vidas transformadas a partir da participação em projetos apoiados pelo Criança Esperança em todas as regiões do país ao longo dos anos, possibilitando que encontrassem caminhos e alternativas para vidas cujo futuro muitas vezes era marcado pela ausência de esperança.

O lançamento aconteceu durante o debate "Participação Social e Construção do Desenvolvimento Humano no Brasil -  a contribuição das organizações não governamentais", moderado por Zeca Camargo e transmitido ao vivo por meio do site do Criança Esperança. Na ocasião, estavam presentes José Roberto Marinho, Vice-Presidente de responsabilidade social das Organizações Globo, Vincent Defourny, Representante da UNESCO no Brasil, o Governador do estado de São Paulo, Alberto Goldman, o Prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e Fernando Rossetti, Secretário Geral do GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas), entre empresários e representantes de organizações não governamentais.

Na abertura da cerimônia, Vincent Defourny, Representante da UNESCO no Brasil, ressaltou a originalidade do formato da parceria privada, pública e internacional. "Como organização internacional, acho que podemos compartilhar com o setor privado em prol do bem comum, e a parceria também com o poder público cria a cidadania e o desenvolvimento da comunidade", ressaltou Defourny.

Já Fernando Rossetti, do GIFE, falou sobre o exemplo do Criança Esperança. "O projeto articula muito bem o investimento empresarial com a mobilização da sociedade, que doa e acompanha como estes recursos são usados", disse Rossetti. Para o Prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, as parcerias de qualidade são fundamentais para o sucesso do investimento social. "O Criança Esperança traz resultados efetivos, contribuindo diretamente para o bem da sociedade civil", afirmou Kassab. O Governador Alberto Goldman completou dizendo que "mais do que os recursos, o importante é o sentimento de solidariedade, o impacto que a ação causa na sociedade".

José Roberto Marinho, Vice-Presidente de responsabilidade social das Organizações Globo, pontuou a importância da alfabetização até os 8 anos de idade e sobre a emoção de trabalhar em prol das crianças. "A parceria com a UNESCO é fundamental para a gestão do Criança Esperança, no desenvolvimento de sistemas e métricas, fato este difícil, mas necessário, quando se lida com questões da infância", concluiu José Roberto Marinho.   

Na sequência do evento, Marlova Jovchelovitch Noleto, coordenadora do setor de Ciências Humanas e Sociais da UNESCO no Brasil, falou sobre a criação do livro. "Ele nasceu do desejo de contarmos toda a trajetória do programa. O livro traz histórias de vidas transformadas, a criação do projeto tendo o Unicef como parceiro inicial, a entrada da UNESCO, tudo alinhado ao contexto do Brasil até 2010", disse Marlova.

Participaram como debatedores o economista-sênior do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Coordenador do Relatório de Desenvolvimento Humano Brasil, Flávio Comim; a professora Maria do Carmo Brant, Superintendente do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC); e o fundador da Central Única das Favelas (CUFA), Celso Athayde.

Sobre o livro Criança Esperança - Criando Oportunidades

A publicação foi organizada em 25 capítulos um para cada ano de existência do Criança Esperança. E cada capítulo inicia com a história de vida de uma criança, um adolescente ou um jovem de 1 a 24 anos representando os 4 milhões de meninos e meninas atendidos ao longo de todo o período. O primeiro capítulo é sobre a Pastoral da Criança e faz uma homenagem a sua fundadora, dra. Zilda Arns, morta em janeiro de 2010. O último capítulo relata os principais aspectos do Criança Esperança.

Cada capítulo possui uma seção chamada Contexto, uma seleção dos principais fatos ocorridos na área da infância e da juventude naquele ano (de 1986 a 2009). Essa seção faz um link entre a atuação do Criança Esperança e fatos relevantes para a infância e a juventude no Brasil nos últimos 25 anos. Para a edição desses fatos foram usadas diversas fontes de pesquisa que estão disponíveis na bibliografia do livro.

É por meio dessas referências que fica clara a participação do Criança Esperança em alguns dos movimentos que resultaram em conquistas importantes para a infância e a juventude brasileiras. A mobilização no Congresso Nacional para a inclusão dos direitos dessa população na Constituição de 1988 é um exemplo. Há ainda a campanha de divulgação sobre o direito de as crianças obterem certidão de nascimento gratuitamente. Mais recentemente, há as campanhas de conscientização sobre a importância da educação, para citar algumas iniciativas.

Também é possível encontrar nos 25 capítulos do livro depoimentos de pessoas que fizeram parte da trajetória do Programa em diferentes momentos e que ajudaram e, em alguns casos, ainda ajudam  a escrever esta história de sucesso. Importantes nomes como Renato Aragão, Viviane Senna, Nizan Guanaes, Agop Kayayan, entre tantos outros de diferentes áreas da sociedade brasileira.

Um blog com informações sobre o livro e declarações de representantes das ONGs beneficiadas pelo projeto já está no ar, com um espaço especial para que os internautas deixem perguntas sobre o tema do debate. Depois do evento, algumas perguntas poderão ser respondidas pelos participantes das mesas. Para participar, basta acessar o site www.criancaesperanca.com.br

Legenda 1 - Vincent Defourny, da Unesco, abre o evento 
Legenda 2 - José Roberto Marinho encerra a cerimônia

Crédito: TV Globo/ TV Globo / Zé Paulo Cardeal


Mais novidades em www.redeglobo.com.br e @rede_globo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, sua opinião é importante para o blog.